COMUNICADO

BCE lança consulta relativa a um guia sobre inspeções no local e verificações de modelos internos

27 de julho de 2017
  • As inspeções são um instrumento crucial para a supervisão bancária.
  • O projeto de guia do BCE é publicado para efeitos de consulta.
  • A consulta tem início hoje e decorre até 15 de setembro de 2017.

O Banco Central Europeu (BCE) lançou hoje uma consulta pública relativa a um projeto de guia sobre inspeções no local e verificações de modelos internos. As inspeções são um instrumento crucial para a supervisão bancária em todo o mundo. Elaborado em estreita cooperação com as autoridades nacionais competentes, o objetivo do guia é explicar como a Supervisão Bancária do BCE conduz inspeções e proporcionar um documento útil para as instituições de crédito sujeitas a essas inspeções.

A inspeção de uma instituição de crédito visa facultar uma análise aprofundada dos vários riscos, sistemas de controlo interno, modelos de negócio ou governação dessa instituição. Com um âmbito e calendário predefinidos, é realizada nas instalações da instituição de crédito ou entidade jurídica relacionada inspecionada. Uma inspeção deve ser intrusiva, sem prejuízo do princípio da proporcionalidade. O seu objetivo é oferecer uma visão detalhada da situação de determinada instituição de crédito, incluindo uma análise prospetiva. O guia fornece uma panorâmica do quadro geral para a condução de inspeções, descreve as diversas fases de inspeção e define os princípios a seguir tanto pelas instituições de crédito como pelas equipas de inspeção.

A consulta pública sobre o guia tem início hoje e termina em 15 de setembro de 2017. Os documentos pertinentes, que compreendem o projeto de guia, bem como um documento com perguntas e respostas, encontram-se disponíveis no sítio do BCE dedicado à supervisão bancária.

A informação sobre a apresentação de comentários é também disponibilizada no sítio do BCE dedicado à supervisão bancária. Na sequência da consulta pública, o BCE publicará os comentários recebidos, juntamente com um documento de análise.

Para resposta a eventuais perguntas dos meios de comunicação social, contactar Rolf Benders (tel.: +49 69 1344 6925).

Contactos de imprensa